Apresentam:

ELIS, A MUSICAL


“Elis, A musical”: nova superprodução da Aventura Entretenimento chega em março a SP Depois de uma temporada de sucesso absoluto no Rio de Janeiro, nova produção da Aventura Entretenimento em parceria com a Buenos Dias, que recria a trajetória de uma das maiores cantoras da história da música brasileira, estreia em São Paulo no dia 14 de março no Teatro Alfa.

Sobre a peça Fotos Notícias Ficha técnica

Com texto de Nelson Motta e Patricia Andrade, direção de Dennis Carvalho, apresentando Laila Garin como Elis Regina e a participação de Tuca Andrada, Claudio Lins e grande elenco, “Elis, A musical” mostra personagens emblemáticos da cultura do país, como Miele, Jair Rodrigues, Vinícius de Morais, Tom Jobim, Ronaldo Bôscoli, Cesar Camargo Mariano e Lennie Dale, entre muitos outros.

Depois de uma temporada de quatro meses de absoluto sucesso no Rio de Janeiro, com seis sessões lotadas todas as semanas no Teatro Oi Casagrande, “Elis, a Musical” chega em março aos palcos paulistas. O espetáculo estreia no dia 14 de março no teatro Alfa, para uma temporada prevista para durar até 13 de julho.

Produzido pela Aventura Entretenimento em parceira com a Buenos Dias, “Elis, A musical” contou com um investimento de 10 milhões de reais para recriar momentos da vida e da trajetória da cantora gaúcha. O texto é de Nelson Motta e Patrícia Andrade, e o espetáculo traz Dennis Carvalho em sua primeira direção para o teatro. Além deles, a equipe do musical reúne nomes como Delia Fischer (Direção Musical e Arranjos), Alonso Barros (Coreógrafo e Diretor de Movimento), Marcos Flaksman (Direção de Arte e Cenografia), Maneco Quinderé (Desenho de Luz), Marília Carneiro (Figurinista), Beto Carramanhos (Visagista) e Marcela Altberg (Produtora de elenco), entre outros.

A atriz Laila Garin – escolhida entre 200 candidatas nas audições – vive a cantora gaúcha; os papéis de Ronaldo Bôscoli e Cesar Camargo Mariano, os dois maridos de Elis, são interpretados respectivamente por Tuca Andrada e Claudio Lins. Outros 16 atores se revezam em vários papéis, em uma história que leva para o palco diversas figuras importantes da cultura nacional.

O espetáculo reúne ainda canções que se tornaram grandes sucessos na voz de Elis Regina, entre elas clássicos como “Arrastão”, “Casa no campo”, “Águas de março”, “Dois pra lá, dois pra cá”, “Como Nossos Pais”, “Aos Nossos Filhos”, “Fascinação”, “O Bêbado e o Equilibrista”, “Madalena”, “O Trem Azul” e “Redescobrir”. São ao todo 51 canções que integram o repertório do espetáculo, entre músicas, medleys e vinhetas.

Com apenas um mês em cartaz nos palcos cariocas, o espetáculo se transformou num dos maiores sucessos de público e crítica da temporada 2013, recebendo três indicações para o Prêmio Shell de teatro e outras oito para o Prêmio Cesgranrio.

“...um musical completo e emocionante, que figura muito bem na tradição recente dos musicais sobre grandes figuras da música brasileira.” (Jornal O Globo)

“Na enorme leva de musicais biográficos que vem sendo produzidos no Brasil, este emocionante e técnicamente impecável tributo à cantora Elis Regina ocupa lugar de destaque – e eleva o padrão pelo qual o público vai julgar os próximos espetáculos do gênero.” (Revista Veja Rio)

“Elis, a Musical” é imperdível. Durante as duas horas e meia a produção oferece ao público o que é realmente um espetáculo.” (Coluna Arthur Xexeo, Jornal O Globo)

“Elis, a Musical” cumpre muito bem seu papel. Musicalmente é exuberante e intenso...A atuação da protagonista, Laila Garin, já justifica as três horas de espetáculo...” (Antonio Carlos Miguel, Portal G1)

“Uma aula de (boa) música brasileira.” (Jornal Extra)

“Elis, a Musical” é um dos mais brilhantes e emocionantes espetáculos dos últimos tempos” (Site Contracenarte)

“Elis, a Musical” é programa obrigatório – simples assim”. (Portal Mix Brasil)

 

“Elis, A musical” surgiu de um texto escrito por Nelson Motta e Patricia Andrade, que ao serem convidados pela Aventura Entretenimento e pela Buenos Dias, já escreviam um roteiro sobre a vida da cantora para o cinema. Nelson acompanhou de perto a vida e carreira de Elis, tendo sido seu amigo e produtor. “Trinta anos depois de sua morte, ela continua como a maior referência de todas as novas gerações de cantoras. O convite para escrever o musical me deixou imensamente feliz”, atesta ele. Na direção do musical, outro amigo de longa data da cantora, Dennis Carvalho, que pela primeira vez dirige um espetáculo teatral. “Eu a conheci através de Milton Nascimento e logo me tornei seu fã. Ela foi simplesmente a melhor cantora As audições para a escolha do elenco duraram quase um mês, com mais de três mil inscritos disputando os papéis. Só para viver a personagem título, mais de 200 candidatas foram testadas, e sete chegaram à fase final, tendo sido Laila Garin a escolhida. Formada em canto lírico e popular, premiada como atriz nos festivais de cinema de Triunfo e Blumenau por sua participação em dois curtas-metragens, ela foi dirigida por José Possi Neto, Luiz Carlos Vasconcelos, Cacá Carvalho e João Falcão no teatro e fez participações na TV em episódios de “A Grande Família” e “Louco Por Elas”.

Os ensaios de “Elis, A musical” duraram 80 dias, com todo o elenco passando diariamente por aulas de canto, interpretação e expressão corporal, além de workshops. Uma das mais importantes produções da Aventura Entretenimento e da Buenos Dias até agora, “Elis, A musical” tem 19 atores em cena, uma banda com 9 músicos e 265 pessoas envolvidas na produção para recriar no palco cerca de 20 anos de história. Só para reviver a “Pimentinha”, Laila Garin usa 3 diferentes perucas, sendo uma delas confeccionada especialmente fio a fio, além de uma lente de contato especial, que esconde os olhos azuis da atriz.

Em busca de temas e inspiração genuinamente nacionais para o cada vez mais crescente mercado de musicais, a Aventura Entretenimento desenvolveu o projeto “Uma Aventura Brasileira”, do qual “Elis, A musical” é a primeira parte. O projeto prevê ainda a montagem de “Velho Guerreiro – O musical”, que contará a história de Chacrinha, o maior comunicador da TV brasileira e líder de audiência por mais de uma década, em um espetáculo escrito por Pedro Bial e repleto de músicas, bastidores e curiosidades da TV e dos artistas nacionais; e “Se Eu Fosse Você – O musical”, primeira adaptação da produção cinematográfica homônima, que traz para os palcos a segunda maior bilheteria da história do cinema nacional, que terá direção artística de Daniel Filho, diretor dos filmes.

O espetáculo é apresentado pela Bradesco Seguros com incentivo do Ministério da Cultura através da Lei Rouanet. “É com muita satisfação que o Circuito Cultural Bradesco Seguros apresenta ‘Elis, A musical’ para que o público seja novamente envolvido pelo trabalho dessa excepcional cantora imortalizada como uma das maiores vozes da música brasileira de todos os tempos,” acrescenta Alexandre Nogueira, Diretor do grupo Bradesco Seguros.

O musical conta também com o patrocínio da Shell. Carolina Marques, gerente de Patrocínios e Eventos, fala sobre o projeto: “O patrocínio da Raízen, por meio da marca Shell, é uma forma de nos aproximarmos ainda mais dos nossos clientes e do público formador de opinião, além de ser uma oportunidade de apoiar a cultura e valorizar a arte nacional”.

Alexandre Moshe, diretor de Marketing e Vendas da Multiplus, marca patrocinadora, reconhece a importância de incentivar a cultura no País. “A Multiplus se orgulha de fazer parte deste projeto que trata da música brasileira tão brilhantemente. É a primeira vez que patrocinamos um espetáculo deste porte e isso é um orgulho para a empresa”, afirma. 

“Elis, a Musical” é uma produção da Aventura Entretenimento em parceria com a Buenos Dias.

 

A Trilha Sonora do Espetáculo:

A Universal Music também se aliou ao projeto e lança a trilha sonora de “Elis, A Musical“, um álbum duplo que traz 26 canções originais de Elis Regina que inspiraram o espetáculo. Todas as canções foram remasterizadas a partir dos tapes originais, pelas mãos de João Marcello Bôscoli, filho de Elis Regina, em parceria com Carlos Freitas, no estúdio Classic Master. O álbum chegou às lojas de todo o Brasil no dia 19 de novembro.

vAs Canções do Espetáculo:

1º Ato

Fascinação / Aprendendo a jogar / Garoto último tipo – Puppy Love / Ela é Carioca / Imagem / O Pato / Menino das Laranjas / Samba do Avião / Arrastão / Deixa Isso Pra Lá / O Morro Não Tem Vez / Feio Não É Bonito / O Sol Nascerá / Esse Mundo É Meu / A Felicidade / Samba de Negro / Diz Que Fui Por Aí / Acender as Velas / A Voz do Morro / Lobo Bobo / Alô, Alô Marciano / Come Fly With Me / Eu Sei Que Vou te Amar / Samba Saravá / Upa Neguinho / Vou Deitar e Rolar / Falei e Disse / Madalena / Não Tenha Medo / Atrás da Porta / Casa No Campo

2º Ato

Nada Será Como Antes / Canção Da América / Fé Cega, Faca Amolada / Paula E Bebeto / Maria, Maria / Wave / Só Tinha De Ser Com Você / Águas de Março / Dois Pra Lá, Dois Pra Cá/ O Guarani (Instrumental) / Como Nossos Pais / Querelas de Brasil / Deus Lhe Pague / O Bêbado e A Equilibrista / As Aparências Enganam / O Trem Azul / Aos Nossos Filhos / Redescobrir / Fascinação

             
Imagem de 7 Baixar Imagem
   

Veja tudo o que estão dizendo por aí sobre a peça:Atualizado em: 17/04/2014

Revelação no papel de Elis Regina, Laila Garin transforma musical em sucesso da Estação

À atriz baiana de 35 anos, olhos azuis e ruivos cabelos encaracolados têm sido destinados adjetivos como “arrebatadora” e “extraordinária”. Ela os aceita com humildade e gosta quando as pessoas a cumprimentam após cada sessão.  

Continuar lendo

Protagonista de Elis, a Musical, Laila Garin se derrete por São Paulo: “A cidade é incrível”

"A cidade é incrível, eu estava ansiosa para ir com o musical para São Paulo,... É a cidade que a Elis escolheu para viver". 

Continuar lendo

Jair Rodrigues se emociona com Laila Garin e não economiza elogios à atriz.

“Devo dizer, sinceramente, que essa peça é uma das coisas mais lindas que eu já vi na vida. Essa menina, que chamo de ‘Lailelis’, é maravilhosa. Parabéns, Laila! No espetáculo todo eu fiquei emocionado. Estou até agora. Classifico com nota para lá de mil. Ela está fazendo Elis, minha grandiosa amiga, como ninguém. Encarnou até o jeito de falar! Os agudos que a Elis dava com perfeição e

Continuar lendo

Laila Garin revive visceralmente o 'furacão Elis' no Teatro Alfa

A partir da performance arrebatadora da atriz Laila Garin que protagoniza a peça, até a mais discreta movimentação lindamente coreografada do coro — tudo no musical funciona perfeitamente para contar a história da vida e carreira, curtas infelizmente, mas intensas e eletrizantes, da maior cantora que o Brasil conheceu: Elis Regina (1945 - 1982).....

Continuar lendo

Pedro Mariano fala ao jornal O Estado de São Paulo sobre ELIS, A MUSICAL.

"Assisti às 3 horas de espetáculo e ao final só uma certeza: o respeito e o profissionalismo empregados por todos os envolvidos era indiscutível. Resumindo toda a minha experiência daquela noite, disse a cada um que eu encontrava na coxia: “muito obrigado!”.

Continuar lendo

Atores:

Laila Garin, Lilian Menezes, Tuca Andrada, Claudio Lins e grande elenco.

Produção:

Aventura Entretenimento

Outros Espetáculos em Cartaz:

Agenda

14 de março a 27 de julho


Quinta Feira, 21h

Sexta-feira, 21h30

Sábado, 16h e 20h30

Domingo, 15h e 19h

Excepcionalmente neste sábado (12/07), 16h e domingo (13/07), não haverá espetáculo devido aos jogos finais da Copa.

 

SESSÕES EXTRAS: dias 16 e 23 de julho, quartas-feiras, 21h

 

As atrizes Laila Garin e Lílian Menezes se revezam no papel de Elis Regina.

Eventuais substituições no elenco podem ocorrer sem aviso prévio.

Consulte a data desejada para verificar a disponibilidade de ingressos. Sujeito a lotação da sala.

Neste sábado, dia 28 de junho, as sessões de Elis, a Musical acontecerão normalmente.

Estacionamento

com manobrista: R$ 35,00

self-park: R$ 25,00

Sugerimos a opção pelo self-park (estacionamento em frente ao teatro), que é mais rápida para a retirada do seu veículo.